Outra vez... De Penny Jordan - Paixão - Harlequin

 sábado, 7 de abril de 2012


Título original: Mistress to her Husband
Tema: Reencontro

Sinopse:
Como uma esposa pode virar amante de ex-marido?

Ao chegar no escritório para mais um dia de trabalho, Kate não esperava ter um grande choque! O novo dono da empresa é ninguém menos do que seu ex-marido!

Sean Howard, um empreendedor bilionário, continua magoado pelo término de seu casamento. Porém, quando vê Kate, descobre que ainda existe uma forte química entre eles, que pode ser despertada ao mais leve toque... Assim, Sean decide que Kate não será apenas sua funcionária...


A estória começa quando a empresa em que Kate trabalha é vendida. Mas ao descobrir que o novo patrão é seu ex-marido, Kate imediatamente pede demissão, junta suas coisas e vai embora. Pois, seria muito doloroso  trabalhar ao lado do homem, que foi seu grande amor e, depois, seu tormento. 

Ao descobrir que sua ex-mulher é funcionária da empresa, Sean fica surpreso, afinal, não tem noticias suas há cinco anos, será que ela tornou a se casar? Teve filhos? Morrendo de curiosidade e de ciúmes, logo descobre que ela é  solteira e que pediu demissão. Então vai até sua casa exigir que ela cumpra o aviso prévio, mas acaba descobrindo que ela é mãe de um garotinho, de uns cinco anos, e que luta para criar o filho sozinha. Após a surpresa, Sean fica furioso por imaginar que eles mal se divorciaram, e Kate foi para a  cama de outro homem e, ainda por cima, um homem que não teve a decência de assumir o próprio filho.  Enojado por tal atitude, exige saber quem é o pai da criança; mas ao ser informado que é o pai, recusa-se a acreditar.

Daqui para à frente a polêmica está formada. Sean  não acredita ser o pai do garotinho e Kate, teima em dizer que sim. No meio dessa confusão ela fica doente, e sem  ninguém para cuidar dela. Com isso, Sean sente-se  na obrigação de ajudá-la. Mesmo sendo difícil  admitir que Kate teve outro homem em sua vida, e que este lhe deu um filho.

Após cuidar de Kate e do menino por vários dias, Sean descobre-se incapaz de viver sem Kate  e o garotinho que lhe conquistou o coração.

Achei a estória encantadora, pena que o Sean era muito cabeça dura e não acreditava ser o pai do menino, mesmo com a Kate jurando que sim.

O  mais legal  foi  ver o amor que Sean sentia por Kate, ao ponto de abrir mão da mulher amada, para que ela fosse feliz. Evidente que ele estava enganado, mas o gesto foi tão abnegado que acabei perdoando-o por fazê-la sofrer.

Trecho do livro que achei adorável!

Enquanto estive no hospital tive muito tempo para pensar, Kate e o que pensei, o que aprendi e o que finalmente aceitei foi que o amor... o verdadeiro amor... pode e deve transcender todas as outras emoções humanas. Ciúme, dúvida, medo. Eu a amo tanto quanto sempre amei - Como a única mulher para mim. Minha outra metade, que preciso para completar-me... minha alma gêmea. E eu amo Oliver como a criança do meu coração.

Avaliação: 4 estrelas.


Postar um comentário

Blogs que leio e recomendo

Total de visualizações de página

Números

PageRank

Estou em:

  © A MAGIA DOS ROMANCES