A Indomada - Sharon Ihle - CHE Nº 369

 sábado, 9 de abril de 2011

Título Original: Untamed
Ed. Nova Cultural, 2010.

Montana, 1796

Para conquistar um coração rebelde...

O trabalho de lavadeira no Palácio do Prazer de Lola não preparou Josie Baun para ser enfermeira. Contudo, quando um guerreiro Cheyenne aparece de repente e a leva dali para cuidar de seu amigo, ela não tem escolha. Então, Josie se vê sozinha num remoto chalé nas montanhas com um homem que espera que ela cuide da casa e que atenda a todos os seus caprichos. Depois de anos cozinhando e limpando para seu padrasto e seus quinze meio-irmãos, a última coisa que Josie quer é passar seus dias servindo um homem pomposo e arrogante como Daniel McCord... Por mais que ele seja lindo e atraente e faça seu coração acelerar toda vez que se aproxima...

Daniel só tem um desejo: trazer justiça para o seu povo. Ele não está preparado para a atracão incandescente que lhe desperta a bela e charmosa Josie, porém, menos ainda, para a resistência dela ao seu charme. Determinado a derreter o coração daquela beldade teimosa e obstinada, ele decide usar cada artifício de sedução a seu alcance para que ela seja sua...


A Indomada é um romance, em que a mocinha,  simplesmente odeia tudo trabalho feminino, lavar, passar, cozinhar, limpar, lhe deixa extremamente irritada. Mas, ouvir falar em crianças, a deixa totalmente furiosa. Ela prefere mil vezes os afazeres masculinos. Oras, só porque nasceu mulher, não quer dizer que tenha que ser escrava dos homens. Ainda mais após ter passado grande parte de sua vida, cuidando dos irmão e da casa de seu padrasto, para agora ser raptada por um pele vermelha, para servir de criada de seu amigo doente. Só pode ser brincadeira! Mas... não é isso mesmo que ele deseja. Neste caso só lhe resta fingir, que não sabe fazer nada de nadinha de trabalhos femininos, na esperança que eles  a libertem. O problema é que uma tempestade de neve os impedem de libertá-la. Assim, incredúlos, de que uma mulher não saiba nem lavar pratos, eles mesmo acabam tendo que fazer o serviço. Entretanto, Daniel, espera receber outro tipo de serviço, dela. Sim, o serviço mais velho do mundo! 

Bem, achei a mocinha irritante, ela é teimosa, odeia crianças, principalmente meninos, os quais se refere como torneirinhas, danação e outros adjetivos. E, quando descobre que ficou grávida de Daniel, se recusa a aceitar o filho, chegando até a pensar na ipotesse de se livrar da gravidez. " Isso, me irritou muito". Afinal foi ela, que não resistiu os encantos dele, oras! Entretanto, Daniel, é uma graça, amável, paciente e carinhoso, porém, não compreende porque ela odeia tanto a ideia de ter um lar e filhos. Porém, resolve aprender a cuidar da casa e de crianças, com o obejtivo de  ser mãe e pai do filho que está para nascer. Com essa atitude busca conquistar o amor de, Josie.

Conclusão: Eu gostei da atitude de Daniel, sempre paciente e gentil com a Josie. Agora dela não gostei, achei seu personagem muito inflexível. Quanta a trama, tem algumas passagens divertidas, mas eu não fiquei encantada. Minha nota é 5.

Postar um comentário

Blogs que leio e recomendo

Total de visualizações de página

Números

PageRank

Estou em:

  © A MAGIA DOS ROMANCES