Mágica do Amor - Claire Delacroix - CH 85

 sábado, 11 de dezembro de 2010

Um encontro para o amor!

África do Norte, 1085.

Embora sua alma possuísse a aura dos reis, Yusef lutava contra os instintos selvagens de seu sangue, até que o destino de uma dançarina se entrelaçou com o seu, e o fez conhecer o eterno poder do amor...

Alifa fazia o que era necessário para a sobrevivência de seus irmãos mais novos, mesmo sabendo que o tipo de vida que levava era pouco recomendável. Até a noite que se uniu para sempre a Yusef, um homem cujo toque podia significar uma temível morte... ou uma vida de mágica paixão!

Este livro me pareceu ser ótimo e comecei a ler toda empolgada, afinal adoro um mistério!!!

O mocinho é um homem  que renega sua família, sua religião e sua herança cultural. Tudo isso para fugir de um legado, que ele abomina. Para ir viver na cidade, onde, muda o sobrenome, troca de religião,  torna-se um professor conceituado e procura esquecer o passado. "Achei o Yusef um  belo egoísta"! Mas, quando ele está prestes a voltar para casa, diga-se de passagem, contra à sua vontade, ele conhece Alifa uma dançarina, que ganha  à vida prestando certos "serviços", aos homens... e após um noite de amor com a bela Alifa. Ele fica furioso por ela ter a coragem, de lhe cobrar pelo serviço prestado. Pois, ele sente-se, ofendido e roubado, por Alifa. Assim, passa à persegui-la, com o objetivo de recuperar seu dinheiro... Até descobrir que, Alifa é órfã com três irmãos menores para sustentar, e vivendo miseravelmente. Com a consciência pesada, Yusef resolve ajudá-los à voltar para as montanhas. Afinal, por culpa dele, Alifa perdeu o único emprego que dispunha para sustentar os irmãos.

Mas não pensem que ele resolveu ajudá-los por pura generosidade. Não! Ele também pretendia receber certos favores em troca de sua boa ação. Favores esses que ele ficou só na vontade! Alifa, não era boba de repetir seus erros, mesmo estando apaixonada pelo palerma. Se bem que o palerma entendia do "riscado" (risos). O problema era que ele não aceitava seu dom, nem mesmo para salvar o irmão dela à beira da morte...

Concluindo: a estória tem um certo mistério, que envolve o dom de Yusef e sua recusa em usá-lo. Mas ele poderia ser um pouco mais gentil e caridoso com Alifa e, é apenas no final que ele percebe que ela é a única mulher que o fará feliz. Mas até aqui ele segue sendo um cabeça dura, determinado a fugir do destino. Ou seja, é aquela lenga-lenga. Eu pessoalmente achei meio cansativa a estória, já que gira mais em torno Yusef , o grande choramingas!!!



Postar um comentário

Blogs que leio e recomendo

Total de visualizações de página

Números

PageRank

Estou em:

  © A MAGIA DOS ROMANCES