Meg Cabot - Ela foi até o Fim - Editora Galera Record.

 quarta-feira, 4 de agosto de 2010

 Título Original - She went all way.
Editora Galera Record , 2010.

Sinopse

Lou Calabrese é uma roteirista de sucesso - já escreveu vários roteiros de ação que renderam milhões de dólares de bilheteria e até ganhou um Oscar! O problema é que seu namorado, o grande astro do filme, resolveu deixá0la pela estrela principal, e agora lhe resta provar que conseguirá passar por tudo para esquecê-lo.

O que ela não esperava é que esse "tudo" significasse atentados contra sua vida e sobreviver numa montanha congelada com o homem que mais odeia na face da Terra como único companheiro... Será que ela vai sobreviver a esta aventura? E será que, no final, encontrará o verdadeiro amor?

O que achei...

Bem, este é o primeiro Meg Cabot que leio, achei o estilo dela divertido e descontraído. Embora, a trama tenha acidente de helicóptero, vários atentados contra a vida dos personagens. Não consegui levar a sério, essa parte do enredo. Afinal, nem os personagem, parecem levar a sério o risco de vida. Parecem estarem mais preocupados, em discutir entre si.

Mas, apesar do jeito descontraído e jovial que ela escreve, a história. Conseguiu, passar a ideia de uma mulher, que apesar de ser, inteligente, determinada e bem sucedida, como roteirista, não sente-se segura como mulher. Tanto, que passou dez anos em um relacionamento, com um cara, frivólo, egoísta e insensível. Até, ele abandoná-la...

Por outro lado, temos, Jack. Um astro do cinema mulherengo, acostumado com o assédio feminino. Tanto que troca de namorada com quem troca de roupa. Porém, ele não é só bonito, gostoso e fútil como Lou pensa. Após, o acidente que os obriga a conviver um com outro. Eles começam a perceber, que cada um fazia uma ideia errónea sobre o outro e passam a ver as qualidades que cada um tem. Além, de uma certa atracão.

Lou, acaba descobrindo, que é uma mulher linda e desejável, e descobre que pode ser amada e apreciada como mulher. Não apenas por sua capacidade de escrever roteiros premiados para o cinema. E, Jack acostumado com o assédio de mulheres, bonitas mas, de cabeças ocas. Ele, percebe que Lou é um mulher fantástica e admirável. Conclusão, acabam apaixonados. Lindo!

Entretanto, o que não gostei muito, foi o jeito em que o personagem da Lou fica se repetindo em pensamentos, achei meio cansativo. Mas fora isso, a história é bem divertida e gostosa de ler.

Vale a pena conferir!

Postar um comentário

Blogs que leio e recomendo

Total de visualizações de página

Números

PageRank

Estou em:

  © A MAGIA DOS ROMANCES